SIC Notícias

Mundo

Corpo encontrado nos EUA pertence a Gabby Petito 

Médico legista confirmou que se trata de um caso de homicídio.

21-09-2021

Amber Baesler

SIC Notícias

O FBI confirmou esta terça-feira que o corpo encontrado no Parque Nacional de Wyoming, nos Estados Unidos da América, pertence a Gabby Petito, a jovem de 22 anos que desapareceu durante uma viagem pelo país com o namorado.

O anúncio foi feito após a confirmação do médico legista, que determinou ainda que se trata de um homicídio. No entanto, não adiantou a causa da morte.

O corpo foi encontrado numa zona remota do parque, perto do local onde a autocaravana em que Gabby viajava com o namorado foi vista por turistas no final de agosto, dois dias depois da última vez que a jovem falou com a família.

De acordo com a agência Associated Press, o FBI apelou à população para que entre em contacto com a agência no caso de saber informações sobre o paradeiro de Brian Laundrie, desaparecido desde a passada semana.

Gabby Petito e o namorado estavam a fazer uma viagem de carro pelo país quando a jovem de 22 anos desapareceu. A última vez que Gabrielle Petito falou com a família foi no final de agosto. A 1 de setembro, o namorado regressou a casa sozinho e recusou-se a colaborar com as autoridades.

Testemunha diz ter visto namorado a agredir a jovem

O canal televisivo norte-americano Fox News divulgou esta terça-feira uma chamada telefónica para o 911 (equivalente ao 112), que pode revelar pistas sobre a morte de Gabby Petito.

Em causa está uma chamada feita por uma testemunha para os serviços de emergência norte-americanos no dia 12 de agosto, depois de ter assistido a uma discussão entre Gabby Petito e o namorado, Brian Laundrie.

No áudio da chamada, pode ouvir-se o homem relatar que, enquanto conduzia pela zona, viu o rapaz “dar uma chapada à rapariga”, altura em que terá parado o seu carro e ligado às autoridades. Depois de parar o carro, refere ainda ter visto os dois “correrem pelo passeio”.

“Depois ele voltou a agredi-la, entraram no carro e partiram”, conta.