SIC Notícias

Coronavírus

Portugal regista novos máximos de mortes e casos de covid-19 em 24 horas

Mais 303 óbitos e 16.432 novas infeções.

28-01-2021

Pedro Nunes

SIC Notícias

Portugal regista esta quinta-feira mais 303 mortes em consequência da covid-19 e 16.432 novos casos de infeção, segundo o relatório de situação da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal contabiliza 11.608 mortes e 685.383 casos de covid-19, estando esta quarta-feira ativos mais 7.183 casos em relação a ontem, totalizando 180.076.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 6.565 doentes, menos 38 em relação a quarta-feira, dos quais 782 em cuidados intensivos, menos um.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 223.150 contactos, mais 2.894 relativamente a ontem.

O boletim revela ainda que foram dados como recuperados mais 8.946 doentes. Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram 493.699 pessoas.

DADOS POR REGIÃO

Relativamente às 303 mortes registadas nas últimas 24 horas, 142 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 66 na região Centro, 60 na região Norte, 23 no Alentejo, 10 na região do Algarve e duas na região autónoma da Madeira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 8.621 novas infeções, contabilizando-se até agora 244.119 casos e 4.409 mortes.

A região Norte registou mais 4.057 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e desde o início da pandemia já contabilizou 297.228 casos de infeção e 4.318 mortes.

Na região Centro, registaram-se mais 2.736 casos, acumulando-se 96.809 infeções e 2.008 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 529 casos, totalizando 23.737 infeções e 620 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 327 novos casos, somando 16.356 infeções e 193 mortos.

A Madeira registou 95 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 3.758 infeções e 36 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 67 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.376 infeções e 24 mortos.

DADOS POR GÉNERO E FAIXA ETÁRIA

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 309.409 homens e 375.764 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 210 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 6.061 eram homens e 5.547 eram mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de 11.608 mortes, 7.809 eram pessoas com mais de 80 anos, 2.393 com idades entre os 70 e os 79 anos e 972 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Marta Temido pede aos hospitais de Lisboa que abram já todas as camas possíveis

A ministra da Saúde pediu aos hospitais de Lisboa que abram já nesta fase todas as camas possíveis, numa altura em que administrações de sete hospitais pediram maior equilíbrio na distribuição de doentes entre unidades periféricas e centrais.

A reunião de Marta Temido com os hospitais de Lisboa, na quarta-feira, destinava-se a avaliar a capacidade instalada nos hospitais da região, mas acabou por ficar "um alerta da ministra para que todos se mobilizem da mesma forma e que disponibilizem já o máximo das suas capacidades para se combater a pior fase da pandemia".

Um pedido que terá sido entendido "como sendo mais um recado para os hospitais que ainda não atingiram a sua taxa de esforço".

“As coisas estão a correr muito mal”, admite António Costa

O primeiro-ministro não acredita que daqui a 15 dias seja possível o regresso ao ensino presencial. Declarações numa entrevista à TVI, em que admitiu também que a terceira vaga da pandemia está a correr mal.

Em entrevista ao programa Circulatura do Quadrado TVI/TSF, o primeiro-ministro falou também da ajuda externa que já foi pedida à Alemanha, mas as necessidades de Portugal vão além das possibilidades alemãs.

A questão das escolas também foi abordada. António Costa duvida que daqui a 15 dias seja possível o regresso ao ensino presencial. Por isso, abre a porta ao regresso das aulas à distância. Na mesma entrevista, explicou que o fecho das escolas foi determinante para que os portugueses percebessem que o confinamento é para levar a sério.

Novo tanque de oxigénio instalado no Hospital Amadora-Sintra

O novo tanque de oxigénio do Hospital Amadora-Sintra deverá ser instalado ainda durante o dia de hoje. É esperado que comece a funcionar nos próximos dias e permitirá aliviar as urgências covid-19 e evitar uma nova sobrecarga na rede.

O Hospital Amadora-Sintra é um dos mais afetados, tendo esta quinta-feira 323 doentes internados. Na noite de terça-feira uma sobrecarga na rede de oxigénio obrigou à transferência de 43 doentes para outros hospitais da região de Lisboa.

LINKS ÚTEIS

MAPA COM OS CASOS A NÍVEL GLOBAL